TURISMO

Quinta do Pôpa apresenta novos programas de enoturismo

A Quinta do Pôpa, situada no coração do Douro, na encosta de Adorigo, tem mais um motivo para soprar velas! Depois dos 15 anos de produção de vinho, dos 90 anos de uma parcela especial de Vinhas Velhas é agora tempo de comemorar uma década desde que abriu portas, a 14 de julho de 2012.

Lavradores de Feitoria expande enoturismo na Quinta de Medronheiro

A Lavradores de Feitoria, “consórcio” de produtores do Douro criado na viragem do século, deu mais um passo na expansão do seu negócio, com a recente inauguração do centro de visitas e loja de vinhos, na sua Quinta do Medronheiro, situada na Estrada Nacional 323, n.º 10, em Sabrosa, onde está actualmente instalada a sede e a adega, para além de 6,5 hectares de vinha, em modo de produção biológico. Em 2021, esta empresa, então com 21 anos de existência, 20 quintas e mais de 600 hectares de vinhas estrategicamente espalhadas pelas três sub-regiões durienses – Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior – e um concertado portefólio de vinhos, tinha já marcado o ano com a inauguração da sua nova adega, num edifício imponente e declaradamente sustentável.

Quinta do Pôpa celebra 90 anos de Vinhas Velhas

Na duriense Quinta do Pôpa, o ano de 2022 está repleto de celebrações com datas “redondas”: são 90 anos das suas Vinhas Velhas, são 15 anos de produção de vinhos e vão ser, em breve, 10 anos desde a abertura do enoturismo.

Torres do Santuário dos Remédios abriram ao público

Já abriu ao público o acesso às Torres do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego, numa iniciativa da Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios